Páginas

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Strong Woman Do Bong Soon [Drama]


Strong Woman Do Bong Soon é um drama que tem de tudo: romance, comédia, mistério, drama. Conta a história de Do Bong Soon, uma menina que tem poderes especiais: sua super força é passada de geração a geração a todas as mulheres da família. Mas existe também uma maldição: quem usá-la para o mal ou machucar um inocente, perde todos os poderes. Ela passa a trabalhar de guarda-costas de Ahn Min-hyuk, CEO de uma importante empresa de videogames onde ela sempre sonhou em trabalhar, desenvolvendo um jogo inspirado na sua vida. 

O triângulo amoroso é entre ela, Ahn Min-hyuk e In Gook Du, seu melhor amigo e policial. Apesar de gostar muito dos dois rapazes, shippei a personagem com Min Hyuk: os dois juntos são extremamente fofos. Ele tem um jeito teimoso e inocente que é encantador. As cenas de romance são muito boas. O relacionamento dos protagonistas vai sendo construindo pouco a pouco e é bem fundamentado. As cenas de beijo também não deixaram a desejar, embora tenham demorado um pouquinho para acontecer.
O mistério principal, apesar de também ter sido demorado e enrolado até o último minuto, é muito bom e dá uma cara nova à série, que se aproxima a uma de investigação e policial. As cenas de comédia são simplesmente hilárias e se intercalavam com as sérias, que eram sobre o psicopata sequestrador de mulheres, os poderes de Bong Soon e outros importantes assuntos. É legal como a personagem, apesar de extremamente forte por fora, é delicada e sensível por dentro. Ela não foge a alguns estereótipos, como o de menina fofa e muito desastrada. Mas tem uma personalidade única, sempre protegendo aqueles que ama e buscando fazer o certo. E o mais legal: corre atrás daquilo que quer, seja no trabalho ou na vida amorosa. É uma menina muito decidida.
Um dos meus pontos favoritos é a discussão que os super poderes, apesar de serem tratados de forma divertida e absurda no dorama, traz. Aqueles que são diferentes têm uma série de responsabilidades e também sofrem todo o tipo de preconceito. Mas a única aceitação de que precisam é a de si mesmos e daqueles que os amam, e é isso que a história toda nos ensina, do primeiro ao último episódio. Mesmo com suas diferenças, é possível encontrar quem te ame por quem você é e te respeite acima de tudo. 


Obs: um dos pontos altos da trama, para mim, é o relacionamento entre os pais de Bong Soon. 
Enfim, é uma dorama muito agradável e fofo. Eu adorei! E vocês, o que acharam? Até a próxima!